O que a pandemia tem nos revelado sobre saúde e bem estar


A experiência da pandemia, desde março de 2020, tem gerado muito sofrimento e intensas revoluções sociais, mas também disparou reflexões sobre cuidados em saúde, tão necessários ao bem estar coletivo.

Pontos Relevantes

1. Saúde, para além do corpo

Inevitavelmente tivemos que falar mais sobre Saúde Mental”, já que fomos confrontados com a necessidade de buscar equilíbrio emocional para lidar com os novos desafios.

A saúde mental é um componente essencial para uma vida plena, inclui a capacidade de superar desafios, lidar com crises e o cuidado de si mesmo.

Saúde Mental precisa fazer parte dos debates públicos, para além da pandemia!



2. Saúde e direitos humanos

A Organização Mundial da Saúde considera “injustos e desiguais” os sistemas que deveriam garantir acesso à saúde.

Pessoas negras e latinas enfrentam risco maior a sua saúde, com mais probabilidade de ter doenças que levam a complicações da Covid-19.

Com menos acesso a cuidados de saúde e tratamento de emergência, são mais propensas a trabalhar em setores e posições onde a exposição ao vírus é maior

Vimos como as comunidades marginalizadas foram mais devastadas pela Covid-19,


3. Comorbidades

Antes da pandemia, talvez fosse mais simples ignorar comorbidades ou alterações em nossos índices de saúde.

Com a Covid-19, tivemos que rever esses pontos e começar a abordá-los da maneira mais ativa, questões como obesidade, diabetes e hipertensão, que afetam grande número de pessoas em todo o mundo, passaram a ter grande relevância, frente as complicações que podem gerar nos quadros de Covid-19.


4. Contato humano

Descobrimos o quanto precisamos e queremos contato com os outros. Sentimos falta de apertos de mão, abraços e trocas afetivas. A frieza imposta pelo risco de contagio, trouxe seus efeitos em nosso cotidiano que tornou-se mais árido.


5. Estamos resistindo

Aprendemos como sobreviver de uma forma mais concreta e visceral.

Percebemos que podemos viver um romance distópico e ainda assim seguir em frente

Mesmo em meio a bloqueios e momentos de desespero cheios de medo, ansiedade e perdas, estamos resistindo, e de algum modo, sobrevivendo.


Que fique como legado, desta experencia trágica, o compromisso de colocarmos a saúde e bem estar no centro das discussões, com a criação de um futuro mais saudável e justo, para todos.


Psicóloga Cristiane Dodpoka

www.psicologacristianedodpoka.com

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo